Archive for maio, 2008

Love

28maio08

Vi isso no perfil do Orkut de uma amiga minha e achei maravilhoso. Tomei a liberdade de postar aqui (não sei onde ela encontrou). O que é o amor na visão das crianças: *Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô desde então, […]


Do alto do cogumelo, deixou o narguilé de lado e me perguntou: – Preferes uma inteligência maluca ou uma loucura sábia?


Embriaguem-se

14maio08

“É preciso estar sempre embriagado. Aí está: eis a única questão. Para não sentirem o fardo horrível do Tempo que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso. Com quê? Com vinho, poesia ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se. E se, porventura, nos degraus de um palácio, sobre a relva […]


Eu tenho um blog e nem blogo mais, pensei eu hoje pela manhã. Ah, dane-se, não vou ficar falando besteira visto que ultimamente minha mente não estava lá tão produtiva. Ok, ela não está produtiva por completo, mas preciso, realmente, comentar meu almoço. Na verdade, o Jornal do Almoço de hoje. Sabe aquela tática do […]