As mídias sociais dentro do mundo plano de Thomas Friedman

21jan11

A breve história do século XXI de Thomas Friedman colocou em pauta sua teoria do mundo plano, que, muito provavelmente, não foi ele o primeiro a se questionar, mas, sabiamente, o primeiro a cunhar uma expressão vendável, “o mundo é plano”.

A Globalização 3.0 que o autor fala, mais poderosa e dinâmica que as outras formas de globalização, já que esta é compreendida por atores sociais ao redor do planeta, provocou um achatamento e encolhimento do mundo. O que Friedman apresenta é que formas de compra, comércio, transporte, economia, cultura e (o que mais nos interessa aqui) a comunicação estão sendo presenciados de uma maneira que permite afirmar que o mundo é está planificado.

“Não se trata simplesmente de como governos, empresas e pessoas se comunicam, nem de como as organizações interagem, mas da emergência de modelos sociais, políticos e empresarias inéditos”.

O gênese dessa nova globalização estaria centrado em dez forças que contribuíram para o achatamento. Duas delas, importantes quando falamos em comunicação em mídias sociais, são a Conectividade e o Uploading. O primeiro termo se refere à conectividade global proporcionada pela abertura da internet, junto com o browser Netscape e a rede de alcance global, a World Wide Web.

“A mudança de hábitos ocorre mais rápido quando tem um bom motivo para acontecer. E todo mundo tem uma necessidade inata de se relacionar com os outros. Quando surge uma forma de as pessoas se ligarem entre si, elas superam qualquer barreira técnica, aprendem novas linguagens. Temos um desejo inerente de nos conectarmos ao demais, nos irritamos quando não conseguimos. Por isso o Netscape abriu o código”.

A explosão da internet comercial, a popularização dos PCs e de sistemas operacionais como o Windows e uma interface amigável com o hipertexto da web conectou o mundo, forçando digitalizar tudo o que pode ser digitalizável.

Já o Uploading vai ao encontro da já conhecida e explorada web 2.0, que conecta as pessoas ao redor do mundo, permitindo que as mesmas expressem-se em comunidades na rede, interajam e produzam seus próprios conteúdos, se tornem emissores. O uploading refere-se à comunicação mediada por computador, ao paradigma todos para todos, à ausência de hierarquias de comunicação, às mídias sociais. A possibilidade de manter um blog e poder reunir uma rede ao redor do mesmo, sem conhecer nenhum dos interlocutores e estando, fisicamente, muito distante deles, a possibilidade de enviar conteúdo e escolher como se quer receber, além de reconfigurar a forma de consumir produtos culturais, como remixando e criando uma nova cultura, enfrentando, assim, velhas e conservadoras instituições.

Além de colocar um poder nunca antes visto nas mãos de indivíduos comuns, o uploading, puxado pelas mídias sociais, está fomentando o surgimento de grandes e importantes contribuições na forma de colaboração e inteligência coletiva, permitindo uma nova forma de comunicação em que o indivíduo participa do processo comunicativo e ajuda a produzir um conteúdo do interesse de sua comunidade (crowdsourcing), transforma as estratégias de marketing e deixa claro que quer ser reconhecido e ouvido como pessoa, não apenas consumidor.

Afinal, se o mundo é plano, nada mais errado do que acreditar ainda que as pessoas comuns não são produtores e divulgadores de conteúdo. Na internet, todo mundo tem o mesmo espaço. Isso não é mais tendência. É o presente.

Anúncios


One Response to “As mídias sociais dentro do mundo plano de Thomas Friedman”


  1. 1 Tweets that mention As mídias sociais dentro do mundo plano de Thomas Friedman « mas é obvio… -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: